Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

O maciço das Prateleiras está localizado no planalto do Parque Nacional de Itatiaia, numa região com vegetação de Campos de Altitude, sendo formado por um belo conjunto de imponentes blocos de pedra enfileirados. Do seu cume que fica a 2.539 metros de altitude, é possível avistar todo o Vale do Paraíba. Foi nesse cenário que começamos nosso último dia em Itatiaia, que culminou com um alucinante rapel de 60 metros […]

Com quase 2.792 metros de altitude, o Pico das Agulhas Negras é o ponto culminante do estado do Rio de Janeiro e o quinto mais alto do Brasil. Esta linda montanha está localizada na Serra da Mantiqueira no planalto de Itatiaia, e faz parte do Parque Nacional de Itatiaia. O trekking ao seu cume é um dos mais concorridos do parque, mais é imprescindível a presença de um guia que conheça a área e tenha conhecimento em técnica de montanhismo.

O Parque Nacional de Itatiaia,foi criado em junho de 1937, sendo o primeiro Parque Nacional do Brasil. Com mais de 30 mil hectares, está situado na Serra da Mantiqueira, abrangendo os municípios de Itatiaia e Resende no Estado do Rio de Janeiro e Bocaina de Minas e Itamonte no Estado de Minas Gerais, chegando até a divisa com São Paulo. Esta Unidade apresenta um relevo caracterizado por montanhas e elevações rochosas, com altitude variando de 600 a 2.791 metros, no seu ponto culminante, o Pico das Agulhas Negras.

O inverno carioca proporciona dias perfeitos para quem gosta de fazer trilhas, os dias costumam ser ensolarado com temperaturas amenas e céu completamente azul. A cidade, espremida entre o mar e a montanha, com uma floresta urbana única no mundo, oferece lugares espetaculares sem precisar de grandes deslocamentos. Para ajudá-lo, selecionamos dez trilhas com visuais mais incríveis da Cidade Maravilhosa […]

Aproveitamos um convite de nossos amigos Márcio e Gina, para passarmos um final de semana em sua casa na Praia da Várzea, Ilha de Jaguanum, situado na Costa Verde. A Costa Verde é um pedaço do paraíso localizado entre o Rio de Janeiro e São Paulo, com 365 ilhas, 8 baías e 2.000 praias, compreendidas entre a ponta do Sino na Restinga de Marambaia e da Juatinga em Paraty , tendo a Ilha Grande à frente do oceano protegendo a grande baía.

Saímos da Cidade do Rio de Janeiro em direção à bela cidade colonial de Paraty, localizada na Costa verde ao sul do Estado, considerada pela UNESCO como “o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso”. A cidade foi fundada em 1667 em torno à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, sua padroeira. Passear pelo Centro Histórico de Paraty é entrar em outra época, onde o caminhar é vagaroso devido às pedras “pés-de-moleque” de suas ruas e o visual é lindo por conta do colorido de seu casario. A proibição do tráfego de automóveis no Centro contribui para esta viagem pelo “Túnel do tempo”.

A Pedra do Sino, com 2.275 metros de altitude, é um local muito procurado por montanhistas para a prática de diversos esportes e atividades turísticas. A trilha que leva até ela é longa e demorada, tem aproximadamente 11 km de extensão, da Barragem Beija-flor até o cume(22 km ida e volta). Ela requer resistência e preparo físico , mas não exige muita técnica, já que não é muito íngreme.

No final da praia de Itacoatiara em Niterói, têm-se acesso ao Parque Estadual da Serra da Tiririca, local escolhido por nosso grupo para praticarmos o Rapel, modalidade esportiva de descida em corda. Vinte minutos de trilha leve e chegamos ao nosso destino: duas belas formações rochosas com uma distancia de quase 12m entre elas. De um lado, o mar batendo nas rochas, de outro, a montanha com sua exuberante vegetação, e entre eles um vão de 30m de altura nos aguardava.

Situado no município de Teresópolis RJ, o Escalavrado é uma das mais belas formações rochosas da Serra dos Órgãos. Composta por uma longa crista sem vegetação que começa ainda na estrada, essa montanha parece intransponível. Para chegar ao seu come, que tem 1.406m, o montanhista precisa usar técnicas de escalada e equipamentos de segurança, como corda, boudrier e mosquetões para vencer alguns obstáculos. Durante a caminhada, podemos avistar outras montanha igualmente imponentes como o Dedo de Deus, Garrafão, Agulhinha do Diabo, Cabeça de Peixe entre outras.

Saímos cedo de casa em direção à Ponte Coberta, Distrito do Município de Paracambi – RJ, distante do Rio de Janeiro cerca de 80 Km. O rio escolhido para o rafting foi o Ribeirão das Lages com corredeiras de classe III e III+. Cerca de uma hora depois chegávamos á base de apoio da Tuareg rafting e expedições, a Fazenda Terra Verde. Fomos recebidos pelo Fabrício que nos levou até à recepção onde preenchemos e assinamos os termos de responsabilidade, em seguida seguimos para os vestiários para trocar de roupa e receber os equipamentos de segurança necessários.