Tô Perambulando - Página 3 de 16 - Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Bem pertinho de Santiago estão as estações de esqui mais famosas do Chile, Farellones e Valle Nevado. Muitos não aprovam um bate e volta por achar que é pouco tempo para cada estação, não aproveitando bem as atividades que cada uma oferece. Nós optamos pois ninguém tinha prática em esquiar, por estes motivos a ida a Valle Nevado foi apenas para conhecer o complexo, pois passar o dia todo lá para quem não está acostumado a esquiar tende a ser muito cansativo e caro.

Você já imaginou visitar uma ilha do Pacífico para observar a terra em sua criação? caminhar em campos de lava e admirar os animais bem de perto sem sentir nenhum receio? e que tal uma cervejinha na praia para ver o por-do sol junto das iguanas? pois então, os anfitriões irão lhe proporcionar momentos inesquecíveis porque Isabela é a ilha que apresenta maior variedade de espécies animais, além de possuir a maior extensão com 5 vulcões ativos que ainda podem ser explorados pelos viajantes. Quer saber mais?

Muitos turistas quando estão em Santiago ficam indecisos para onde ir, pois a capital oferece diversos destinos turísticos, porém um só recentemente começa a figurar em todos os roteiros chilenos, a linda e exuberante região de Cajón del Maipo. Dentre tantos atrativos, como banhos termais, rafting, trekking, lagunas e vulcão, destacamos um dos principais pontos turísticos do Chile, Embalse el Yeso, localizado a duas horas e meia de Santigo (73 Km), perto de San Jose del Maipo.

Este é um dos destinos mais cobiçados pelos amantes da natureza por apresentar incríveis cenários onde você pode desfrutar de toda beleza, tudo muito de pertinho de animais que só existem lá. E não precisa levar dois dias para chegar, pois ao contrário daqueles longos e exaustivos percursos com vários trechos e baldeações para uma viagem desse tipo, o trajeto é tranquilo e pouco cansativo. Neste Patrimônio Natural da Humanidade de Galápagos, a ilha de Santa Cruz pode ser perfeita para você permanecer alguns dias realmente inesquecíveis da tua vida.

Como estávamos hospedados em Santiago, realizamos “bate e volta” para conhecer as cidades de Valparaiso e Viña del Mar, porém vale muito a pena reservar um dia inteiro para cada uma delas. As duas cidades estão a pouco mais de 100 Km da capital e são banhadas pelo Oceano Pacífico, formando a região litorânea mais famosa do Chile. Valparaíso é conhecida como Valpo, e surpreende a todos pelos cerros, arquitetura, história e gastronomia, já a charmosa Viña del Mar, se destaca pelas praias, jardins e casas de veraneio.

O​ ​Equador​ ​é​ ​um​ ​dos​ ​menores​ ​países​ ​da​ ​América​ ​do​ ​Sul,​ ​porém​ ​é​ ​um​ ​dos​ ​mais biodiversos​ ​do​ ​mundo​ ​com​ ​4​ ​regiões​ ​totalmente​ ​distintas​ ​do​ ​ponto​ ​de​ ​vista​ ​ecológico​ ​e geomorfológico.​ ​Imagine​ ​​ ​que​ ​se você​ ​fizer​ ​um​ ​roteiro​ ​de​ ​leste​ ​a​ ​oeste​ ​neste​ ​país,​ ​irá​ ​passar​ ​nada mais​ ​nada​ ​menos,​ ​do​ ​que​ ​pela​ ​Amazônia,​ ​Cordilheira​ ​dos​ ​Andes,​ ​montanhas​ ​baixas,​ ​até alcançar​ ​a​ ​região​ ​litorânea​ ​do​ ​Pacífico​ ​com​ ​praias​ ​e​ ​planícies​ ​de​ ​manguezal.​ ​Acabou? não!​ ​de​ ​quebra,​ ​o​ ​arquipélago​ ​de​ ​Galápagos​ ​foi​ ​anexado​ ​ao​ ​seu​ ​território​ ​exibindo​ ​toda aquela​ ​maravilha​ ​em​ ​vida​ ​selvagem.

Galápagos é o sonho daqueles que trocam qualquer destino famoso pela natureza em seu estado mais puro e selvagem. Um verdadeiro santuário onde a rica biodiversidade permitiu ao naturalista britânico Charles Darwin desenvolver sua teoria sobre a evolução e seleção natural das espécies. Seus visitantes são pessoas geralmente mais conscientes nas questões ambientais e se preocupam mais com os impactos que possam causar nos ecossistemas.

Passear no Chile é bom demais e para os amantes do vinho é melhor ainda. A topografia aliada ao clima e um solo propício, produzem um excelente ambiente para o cultivo de uvas. Esses fatores acarretaram no surgimento de várias vinícolas, fazendo com que o país ocupe uma posição de destaque no cenário mundial na produção de bons vinhos. Centenas dessas vinícolas são abertas à visitação pública, criando assim um novo segmento para o turismo no Chile, o turismo de vinho.

A bela e mais importante cidade do Chile, a capital Santiago, recebe de braços abertos os que por ali aportam. E tudo isso vem junto com a adrenalina para os que chegam por via aérea, pois da janela do avião é possível ver boa parte da Cordilheira dos Andes coberta de neve em qualquer época do ano, principalmente no inverno. São imagens que realmente merecem algumas fotografias, porém quase sempre é acompanhada por turbulências, causadas pelos fortes ventos vindos das altas montanhas que circundam a capital.

Pense em um país longo e estreito, meio que espremido entre a cordilheira dos Andes e o oceano pacífico, que por causa dessa configuração geográfica possui grande contraste, de um lado o deserto mais árido do mundo, de outro imensas geleiras, no centro uma cidade moderna e cosmopolita e tudo isso rodeado de vulcões, muitos deles ativos, esse é o Chile, país que voltamos a visitar depois de seis anos. Nesse roteiro de onze dia escolhemos destrinchar a sua capital Santiago e arredores e o espetacular Deserto de Atacama.