Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Foram 16 dias de viagem nos Estados Unidos com direito a um Cruzeiro (Que nunca tinha feito) de 4 noites pelas Bahamas. A viagem estava na lista de lugares que ainda não tinha ido, mais aconteceu meio sem querer. O plano era Cancun e Cidade do México, mas como o Valdir não conseguiu os dias necessário para a viagem, desistimos ou melhor adiamos e alteramos o roteiro para os EUA que acabou se transformando em uma viagem em família.

Na união Europeia a maioria dos produtos que você compra está acrescido do IVA ou VAT, que é o Imposto sobre Valor Agregado. O Tax Free é a isenção desse imposto para viajantes com residência fora da União Europeia. Esse imposto varia de pais para pais e pode chegar a até 25% do valor total das suas compras. Eu disse compras, porque para serviços como restaurantes e hotéis ou produtos que você consuma na sua estadia na Europa, não vale. Você só pode usá-lo para produtos que vá levar com você para fora da União Europeia.

Existe muita controvérsia sobre que tipo de documento é melhor levar para viagens dentro da América do Sul. Por força de um acordo entre os países, qualquer brasileiro pode ingressar usando somente a sua identidade (RG), RG, carteira de motorista não vale! Mas será que vale a pena? Não vou ter problemas? É melhor a Identidade ou o Passaporte? Esse post pode ajudá-lo a decidir.

O Visto americano é um documento essencial para todo turista que quer visitar os Estados Unidos. Já foi um processo complicado e demorado. Hoje a concessão do visto é bem rápida e descomplicada.
Veja aqui os passos para solicitar o Visto Americano de Não Emigrante, onde se inclui o visto de turista, de estudante e para negócios.

Essa semana precisei renovar o meu Passaporte, então resolvi postar o meu passo a passo. É bom lembrar que não há renovação de passaporte, os procedimentos são os mesmo usados para solicitar um passaporte pela primeira vez.
O Passaporte é um documento obrigatório para quem quer viajar para outros países, no Brasil ele é emitido pela Polícia Federal e tem validade de 5 anos. Já existe uma lei publicada no Diário oficial desde dezembro de 2014(Decreto nº 8374) que amplia a validade dos novos passaportes para 10 anos, mas o meu ainda foi de 5 anos.

São Miguel do Gostoso, o nome em si é o primeiro a chamar atenção, então como ignorar um destino como esse. De uma pequena vila de pescadores, com praias e paisagem de tirar o fôlego, Gostoso, como é carinhosamente chamado, rapidamente tornou-se um destino muito procurado por turistas de todas as partes do mundo. Localizado a pouco mais de 1h30min de carro ao norte de Natal, é facilmente identificado por suas praias de areias fofas e brancas e águas cristalinas quase virgem.

As 08:00 horas, logo após o café da manhã, partimos também de buggy em direção ao litoral sul de São Miguel do Gostoso, sempre pela areia da praia, quando era possível. Neste roteiro até Maracaju passamos por praias quase desertas e intocadas, com cara e jeito de colônia de pescadores. Nossa primeira atração foi conhecer o Km zero da BR 101, que corta o Brasil de Norte a sul.

Em Gostoso a gente não precisou de despertador para acordar, pois bem cedo os galos cantavam para o nosso despertar. Era como estar na roça a beira-mar, hehehehe. Após o café da manhã seguimos de buggy da Praia do Maceió em direção as praias situadas no litoral norte potiguar, passando por charmosos e sossegados vilarejos, possuindo belezas e encantos únicos, com o típico ar nordestino.

Dia de sol forte, partimos para o Litoral Norte de Natal, este é um passeio mais que obrigatório para quem visita Natal, o passeio de buggy pelas dunas de Genipabu e arredores. Saímos de Ponta Negra, passando pelas praias urbanas da Areia Preta, dos Artistas, do Meio e do Forte, onde se encontra o belo Forte dos Reis Magos.

Fomos de buggy para o litoral sul do Rio Grande do Norte, sempre pela areia quando foi possível, e muitas foram as atrações deste roteiro. Saímos de Ponta Negra, passando pela Praia de Pium, Barreira do Inferno, onde na entrada tem como monumentos um avião e antigos foguetes. Em seguida passamos pela Praia do Cotovelo, por Pirangi do Norte, onde tem o maior cajueiro do mundo, deixamos para conhecê-lo na volta.