Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

O lugar por vezes remoto e, intocado, parece ter saído de um sonho, pois nessa imensidão toda, estão presentes montanhas de pico nevado, gigantescas geleiras, rios e lagos de tons azulados e esverdeados e uma rica diversidade da flora e da fauna, além de charmosas cidadezinhas com construções seculares que nos rementem à colonização europeia. E ainda tem a deserta, bela e famosa estrada Sul-americana, a Ruta 40, que percorre a Argentina de norte a sul conectando a alguns dos destinos mais procurados na região.

El Calafate, conhecida como a capital nacional das geleiras, é uma pequena cidade localizada na província de Santa Cruz, Argentina, próxima a fronteira com o Chile. Em franco desenvolvimento turístico, oferece boa estrutura hoteleira, um aeroporto pequenino, mas moderno e ótimas opções de turismo. Seu clima é frio, com média anual de sete graus, temperaturas máximas por volta dos treze graus e mínimas por volta dos dez abaixo de zero. É lá que está a maior geleira em extensão do mundo: O perito Moreno

Desta vez o destino escolhido foi a Patagônia Argentina. Localizada no sul da América do Sul, abrangendo quase dois terços dos territórios da Argentina e do Chile. São quase 800.000 quilômetros quadrados de território virgem, pouco explorado e de escassos habitantes. Uma região riquíssima em recursos naturais de incomparável beleza, fazendo deste lugar um dos mais belos do planeta. Foi nesse cenário que chegamos a Ushuaia, para iniciar uma viagem de 4 dias pela capital da Terra do Fogo.