Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Com a maior infra-estrutura hoteleira do Estado de Santa Catarina e com o Aeroporto de Navegantes localizado a somente 20 km; a cidade além de possuir muitos atrativos, fica também próxima a grandes destinos turísticos, como o Beto Carrero World a 30 km, o maior parque da América Latina e o quinto maior do mundo, Blumenau, com a famosa Oktoberfest (58 km), a Praia do Pinho, a primeira do Brasil a permitir a prática do Naturismo, e além é claro da capital Florianópolis, situada a 87 km do Balneário.

Este município paradisíaco preservou a vegetação nativa, tornando a cidade um paraíso ecológico. Conta com 29 praias, algumas com águas calmas e limpas, que atrai muitas famílias. Mas também tem praias selvagens onde rolam altas ondas para delírio dos surfistas. Para emoldurar mais este cenário existem quatro ilhas e dois parques ecológicos. O balneário é muito procurado para pratica do mergulho, pois devido aos seus atributos, conquistou fama até no exterior, e é conhecido como a “Capital do Mergulho Ecológico”.

Neste post abordaremos a Região Norte da Ilha de Florianópolis que é formada por 5 distritos, o dos Ingleses do Rio Vermelho, da Cachoeira do Bom Jesus, da Canasvieiras, do Santo Antonio de Lisboa e do Ratones. Esta região é a mais populosa durante a alta temporada, contando com ótima infraestrutura em prestação de serviços e oferecendo atrações turísticas para todos os gostos, e ainda tendo a seu favor praias com águas quentes e calmas se comparada a outras regiões da ilha, é a região preferida dos banhistas.

Florianópolis ou simplesmente Floripa, como é carinhosamente chamada, é um dos destinos mais procurados durante o verão, pois além de brasileiros vindos em sua maioria de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, a cidade é invadida anualmente por milhares de estrangeiros, principalmente argentinos, que procuram dias ensolarados nas belas praias do litoral catarinense. Nesse post optamos por um roteiro para conhecer as várias praias espalhadas de norte a sul da ilha, além de praias em outros municípios próximos a Florianópolis.

Fernando de Noronha possui 16 praias onde a transparência de suas águas chegam a 40 metros, sendo considerado um dos pontos turísticos mais bonitos e bem conservados do País, atraindo mergulhadores e amantes da natureza de todas as partes do Brasil e do mundo. Este patrimônio natural abriga uma fauna com golfinhos, tartarugas marinhas, peixes e diversos pássaros em meio à vegetação que combina mangue e caatinga. Normas rígidas regem os passeios e limitam a visitação a Ilha, como a dificuldade de acesso e a cobrança de taxa ambiental diária muito cara com único objetivo de preservar a vida marinha deste paraíso.

Elas são vizinhas e extremamente belas, estão separadas apenas pelo rio Real. A grande diferença é que uma fica no Estado de Sergipe e a outra no Estado da Bahia. Ambas fazem parte de uma combinação perfeita para quem visita o litoral do sul de Sergipe e do norte da Bahia, pois as duas possuem ruas de areia, dunas para passeios de buggy e praias desertas na baixa temporada e bem movimentadas na alta. Apesar de Mangue Seco ficar Bahia é mais perto conhece-la por Aracaju.

Exprimida entre dois rios, ao sul o Vaza-Barris, e o Sergipe ao norte, Aracaju é considerada, entre as capitais nordestinas, a que possui a melhor qualidade de vida, e não é para menos, possui muitas ciclovias, praias maravilhosas, uma infinidade de bares e restaurantes, uma rede hoteleira bastante diversificada, é muito bem sinalizada e limpa, principalmente na orla, dando a todos que a visitam uma sensação de tranqüilidade.

Sergipe, o menor estado brasileiro, não vive somente da cereja do bolo, o cânion de Xingó, no Rio São Francisco. Na direção do litoral sul, são imperdíveis um passeio a Praia do Saco e Mangue Seco, terra de Tieta, já em terras baianas. E para o litoral norte, Barra dos Coqueiros, Pirambu e o pantanal de Pacajuba são uma boa escolha. Merecem visitas também as cidades históricas de Laranjeiras e de São Cristóvão, antiga capital do estado e ainda o Parque dos Falcões e é claro, o Cânion do Xingó.

Morro de São Paulo era uma simpática vila de pescadores com praias e paisagens deslumbrantes situada em uma ilha a cerca de 250km de distância de Salvador. Hoje Morro de São Paulo transformou-se em um dos principais polos turísticos da Bahia. Belas praias, piscinas naturais, boa infraestrutura de hotéis e restaurantes e um povo alegre e hospitaleiro é o que te espera nesse paraíso.

 

Olá! Minha história com Jericoacoara começou em 2011, quando fui conhecer pela primeira vez, após ouvir diversos elogios da minha mãe e padrasto sobre a Vila. Ambos conheceram-na em 2010 com casais de amigos (equipe Tô Perambulando) e ficaram encantados.
Comigo, aconteceu o mesmo! Assim que cheguei na vila e desci do ônibus, fiquei maravilhada com aquele “chão todo de areia”, sol escaldante e tudo muito charmoso. E para a minha surpresa, à noite era muito melhor. Sem iluminação pública, tudo à meia luz…perfeito!