Cruzeiro pelas Bahamas saindo de Miami - Tô Perambulando

Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Cruzeiro pelas Bahamas saindo de Miami

Perguntas e respostas sobre tudo que você precisa saber

Cruzeiro pelas Bahamas
Porto de Miami

Para quem está indo a Miami e não sabe o que fazer além é claro das comprar nos inúmeros Outlets e tem uns dias de sobra, que tal fazer um cruzeiro pelas Bahamas no Caribe? São Cruzeiros de três a sete dias conhecendo as maravilhas dessas ilhas tropicais com belas praias de areia fina e água azul-turquesa. Fiz esse cruzeiro, os preços são bem acessíveis e aqui relaciono as dúvidas que você pode ter para fazer o seu.

A primeira coisa a fazer é escolha o seu Cruzeiro

Existem várias empresas que fazem cruzeiros de três a sete dias por essas ilhas. Geralmente saem de um dos três portos, Port Canaveral, o Port of Miami e o Fort Lauderdale. Uma dessas empresas é a Royal Caribbean, que foi a nossa escolhida pois tínhamos boas informações dela de amigos que fizeram esse Cruzeiro.

Você pode fazer a sua reserva através de uma agência de viagem ou diretamente pelo site da empresa, é muito seguro e de fácil compreensão, mesmo para marinheiros de primeira viagem como eu.

Escolhemos o Cruzeiro de 4 noites, no navio Majesty of the Sea, que parte as segundas-feiras do Porto de Miami. O itinerário é Miami (Flórida), Nassau (Bahamas), CocoCay (Bahamas), Key West (Flórida) e Miami (Flórida). Nesse roteiro a navegação é feita a noite.

Cruzeiro pelas Bahamas
Foto: Divulgação Royal Caribbean

Como escolher a cabine em um Navio?

Existem três tipos de cabines nesses navios, com varanda que são maiores e as mais caras, com janelas e as cabines internas sem janelas que são as mais baratas. Além disso, os preços variam de acordo com a localização.
As cabines próximas a linha da água costumam ser mais baratas por estarem mais longe das áreas de recreação, em compensação por estarem próximo as turbinas e ancora, pode ocasionar pequenos ruídos principalmente na chegada aos locais de atracação. A boa notícia e que balançam menos.

Cruzeiro pelas Bahamas
Corredor onde ficam as cabines no Majesty of the Sea

As cabines superiores são mais caras, mas são maiores e ficam perto das áreas de recreação e restaurantes. A desvantagem são que os ventos são mais fortes nessa área do navio e também costumam balançar mais.

Cruzeiro pelas Bahamas
Nossa cabine com janela no 4º Deck

Uma dica, nas viagens de até 7 dias não vale a pena gastar dinheiro com cabines com varanda, isso porque você terá muitas atividades para fazer durante o dia e passará pouco tempo na cabine, a noite é muito frio e com certeza também não usará a varanda. Especificamente para esse cruzeiro em que a navegação é a noite, acho que as cabines internas podem ser uma boa e mais barata escolha.

Como é o Navio?

O belíssimo Majesty of the Sea tem 12 andares ou Decks como são chamados, duas piscinas, Spa, Academia de Ginástica, Cassino, Parede de Escalada, Quadra de basquete, programação especial para crianças, nove bares, três restaurantes, Teatro e loja duty-free. Uma das coisa que senti falta e acesso a internet, além de caro é muito ruim, somente nas paradas em Nassau e Key West foi possível encontrar acesso free.

Veja as fotos do Navio

 

Que documentos preciso levar

Passaporte válido para todos os países cujos portos o navio fizer escala, com validade de no mínimo 6 meses. Vistos e comprovantes de vacinas exigidas pelos países aportados.

Que roupas devo levar?

Os dias a bordo são completamente informais você irá a piscina, praia e se sentirá mais confortável com trajes leves. Traga tênis, sandálias baixas, bermudas, roupas de banho. Para a noite trajes casuais(Camisas esportivas e calças compridas para os homens, vestidos ou calças compridas e blusas para mulheres) se for utilizar o restaurante à la carte, que precisa de hora marcada para o jantar. Traje Formal (Vestidos ou calça compridas para mulheres e blazer para homens) se for participar do jantar com o Capitão.

Devo levar adaptadores de tomada?

Sim, você deve levar adaptadores para o padrão americano.

Como reservar Excursões e Passeios?

Você pode reservar pela internet as excursões oferecidas pela Royal Caribbean para fazer em terra quando o navio atracar, até 4 dias antes da partida. Essas reservas também podem ser feitas a bordo do navio. No site você encontra uma descrição detalhadas sobre elas. Falo sobre essas excursões mais abaixo quando falar sobre os locais que atracamos.

Como chegar no porto?

De Carro – O porto de Miami fica a cerca de 20 minutos do Aeroporto internacional de Miami. O Porto tem estacionamento, as taxas são de U$20,00 por dia.

De Taxi – Os preços a partir do aeroporto variam entre U$25,00 e U$30,00 mais a gorjeta, mas dependendo do numero de pessoas pode ficar caro.

De Van – As Vans são uma boa opção, escolhemos esse serviço que é oferecido pela SuperShuttle, fiz a reserva pelo próprio site da empresa pagando com cartão, recebi um voucher por email e no aeroporto foi só procurar uns dos quiosques da empresa e apresentar o voucher. A SuperShuttle tem diversas opções de transfer desde Executive Car à Vans compartilhada com diversos preços. Como estávamos em um grupo de quatro pessoas mais malas, essa opção ficou mais em conta, eles cobraram U$15 para o primeiro passageiro e U$10 pelos outros, mas se estiver em grupo (até 9 pessoas) pode alugar a Van, que sai por U$63,00. A desvantagem da primeira é que pode ter que esperar o horário de saída. Depois é só informar o nome do Navio e a empresa que eles te deixam na porta. Ah, não esqueça a gorjeta!

supershuttle_van[1]

Como é feito o checkin ?

A hora de partida desse cruzeiro é as 16:00hs e o checkin é aberto as 11:00hs, a partir desse horário você já pode desfrutar das dependências da embarcação, inclusive o almoço.

A Royal Caribean pede que você faça o checkin antecipado pela internet. Este procedimento poupará você de ter que preencher vários formulários no cais. Ao final do preenchimento dos formulários você imprime SetSail Pass, que será recolhido durante o processo de embarque.

O procedimento de checkin é o mesmo utilizado nos aeroportos, você passará por detector de metais e verificação de documentos (passaporte). Além disso, precisará apresentar o cartão de credito para as despesas a bordo. Depois disso todos os passageiros receberão um cartão magnético (SeaPass) que servirá para tudo no cruzeiro, desde abertura da porta da cabine à compras no DutyFree. Pronto! Você está liberado para aproveitar o seu cruzeiro.

Dica importante: O acesso as cabines só é permitido após as 13:00hs, além disso as suas malas podem demorar a chegar, portanto leve uma muda de roupa com você para poder usar enquanto sua bagagem não chega.

Cruzeiro pelas Bahamas
Cartão magnético SeaPass

Exercício de emergência é obrigatório?

Sim, depois que todos os passageiros estão a bordo e pouco antes do navio zarpar, começa o exercício de abandono do navio para todos os passageiros. Você é avisado que em um horário pré determinado deve dirigir-se para um determinado ponto no navio. Na verdade as pessoas são divididas por deck e encaminhadas para a frente de um bote salva-vidas, esse exercício é para você saber para qual bote deve ir em caso de necessidade. É rápido, dura em torno de 15 minutos.

Como são os dias no Navio?

Na sua chegada no primeiro dia e depois todo final de dia você receberá na sua cabine um folheto com todas as atividades para o dia seguinte. Nesse folheto encontrará os horário de funcionamentos das atrações, bares e restaurante, horários de Shows, explicações de como e que horas será o embarque e o retorno ao navio nas paradas. Além disso existe uma legião de tripulantes de várias nacionalidades, inclusive brasileira, espalhados por todo o navio prontos para ajuda-lo no que for preciso.

Durante os dias bandas se revezam no palco do Deck da piscina tocando desde rock a musica caribenha, inclusive Tom Jobim e Michel Teló. Djs e equipes de animação divertem o publico com danças com passos marcados e brincadeiras.

Resumindo, se não quiser sair do navio nas paradas, não se preocupe você terá sempre o que fazer. Existe ambiente para todos os gostos.

Cruzeiro pelas Bahamas
Folheto com a Programação diária no Navio

Como é feito o desembarque nas paradas

Os autofalantes avisam quando o desembarque está autorizado, ai é só seguir para o deck informado com o seu cartão SeaPass e seu Passaporte.

Nesse cruzeiro uma das paradas foi em uma ilha de propriedade da Royal Caribbean, CocoCay, em que o navio não atraca, você é conduzido até a ilha em embarcações menores com capacidade para 250 pessoas, que saem de 15 em 15 minutos. Para essa ilha só o cartão SeaPass é necessário.

Dicas:
  • Preste atenção aos horário de retorno ao navio.
  • No caso de CocoCay, verifique o horário da última embarcação que sai da ilha para o Navio.
  • Você pode retornar ao Navio a hora que quiser e quantas vezes precisar.

Devo dar gorjetas?

Sim, nos cruzeiro e nos EUA, a gorjeta é sempre esperada. A Royal Caribbean adicionará U$12 por dia a conta de cada passageiro a título de gorjeta. Caso queira você pode pagar antecipadamente esse valor na compra do seu cruzeiro. Além disso também é cobrado automaticamente 18% na compra de bebidas e serviços.

Como são as refeições no Navio?

São três as refeições oferecidas, café da manhã, almoço e jantar, os horários de inicio e encerramento dessas refeições são informados no folheto com a programação diária. Uma grande variedade de comida está a sua disposição no sistema Self-service, você pode se deliciar com os mais variados pratos da culinária internacional. Como já mencionei antes existe a opção de jantar no restaurante à la carte, mas é necessário marcar horário.

Nos intervalos dessas refeições se bater aquela fominha, os restaurantes colocam a sua disposição pizzas de diversos sabores e para refrescar, tem sorvete a vontade.

Cruzeiro pelas Bahamas
Restaurante à la carte

Todas as bebidas no cruzeiro são pagas?

Somente água, chás e sucos são de graça e a vontade. Água mineral, refrigerante, cervejas e outras bebidas são pagas, mas você tem a opção de comprar pacotes de bebida que vão desde refrigerantes e água mineral à cervejas, vinhos e drinks especiais para beber a vontade.

Esses pacotes podem ser adquiridos no ato da sua reserva ou então quando estiver a bordo. Uma dica, se pensa em contratar alguns desses pacotes, os preços na reserva são mais em conta que os praticados a bordo.

Qual idioma é falado no cruzeiro?

A língua oficial é o inglês mas com o crescente número de passageiros brasileiros, o português me parece ser a segunda língua do navio. Você não terá dificuldade de se comunicar e os tripulantes estão sempre disposto a ajudá-lo.

Nassau, a capital das Bahamas

Cruzeiro pelas Bahamas
Porto de Nassau

A capital das Bahamas tem um passado tumultuado. Foi colonizada pelos ingleses, serviu de base de piratas e foi destruída por três vezes pelos espanhóis, mas hoje recebi visitantes de todo o mundo em busca de descanso e aventura.

Nassau foi a nossa primeira parada e também a mais demorada, o navio atracou as 7:00 e só partiu perto de meia noite. Apesar de ter chegado no horário previsto, tivemos que aguardar por mais de uma hora que as autoridades locais autorizassem o desembarque.

O nosso pensamento era fazer um city tour para conhecer os principais pontos turísticos e retornar ao navio para almoçar. Logo na saída, encontramos um grupo de brasileiros negociando com um guia local, nos juntamos a eles e

Cruzeiro pelas Bahamas
Atlantis

conseguimos um bom preço, U$25 por pessoa por um city tour de 2:30h passando pelo Forte Charlotte, Museu Piratas de Nassau, palácio do Governo, parada para banho na praia publica de Paradise Island e é claro uma visita ao luxuoso resort Atlantis, principal atração da ilha.

Cruzeiro pelas Bahamas
Praia Publica em Paradise Island, ao fundo o Resort Atlantis
Dicas:
  • Em Nassau o transito utiliza a mão inglesa, herança da colonização, portanto, tome cuidado.
  • O resort Atlantis é o principal destino da maioria dos passageiros. Lá você pode interagir com golfinho, passar o dia no parque aquático Aquaventure, ou visitar o enorme aquário onde você pode ver tubarões e peixes exóticos. Todos esses passeios podem ser adquiridos no navio.
Cruzeiro pelas Bahamas
Porto de Nassau, pode receber até 5 navios simultaneamente.

CocaCay, o paraíso te espera

Cruzeiro pelas Bahamas

Cococay é uma ilha paradisíaca com praias de areia fina e águas azuis turquesa. Lá não há residências nem comercio, e a proprietária da ilha, a Royal Caribbean montou uma grande estrutura para atender aos visitantes. Dezenas de espreguiçadeiras estão espalhadas pelas praias para conforto dos turistas. Existem inúmeras opções de entretenimento como mergulho de snorkel, passeios de caiaque, de jet ski ou Parasail, paraquedas grande para duas pessoas puxado por uma lancha. Mas você pode simplesmente aproveitas as águas quentes e transparente para relaxar.

Nesse dia o almoço é servido na ilha, com o mesmo padrão do navio. Como já mencionei antes a chegada a ilha é feita através de embarcações menores que partem do navio de 15 em 15 minutos.

Dicas:
  • Todas as excursões podem ser adquiridas no local, mas é aconselhável reservar logo na chegada a ilha.
  • Verifique o horário da última embarcação que sai da ilha para o Navio.

Veja as fotos de CocoCay

A pequenina ilha de Key West

Cruzeiro pelas Bahamas

Key West faz parte de um conjunto de ilhas chamadas de “Keys” situada no sul da Flórida a cerca de 250km de Miami, sendo está, a última habitada. Além de navio, você pode chegar a ela por estradas construídas pelo mar que interliga as ilhas. Key West é conhecida como “Mile 0” pois é a cidade mais meridional do EUA.

O desembarque é meio confuso porque você terá que apresentar-se pessoalmente ao oficial de Alfândega e proteção de fronteiras dos Estados Unidos, incluído aqueles que decidirem permanecer a bordo. Você precisará levar o seu SeaPass e passaporte. Tão logo tenha concluído o processo de imigração poderá desembarcar e aproveitar as poucas horas em Key West.

Uma das melhores formas de ver e explorar Key West com o pouco tempo que tínhamos é através do famoso Conch tour train. Esse famoso trenzinho o levará a conhecer a história e os pontos mais importantes dessa ilha. Você pode entrar e sair quantas vezes desejar sem pagar nada a mais. Não sei se era porque esta seria a nossa última parada, mais os preços estavam mais barato que à bordo, por U$26,75 fizemos o passeio logo no primeiro trem, com narração em português e ainda teria prioridade na imigração. Melhor do que isso, impossível.

Outra opção é passear pela famosa Durval Street, é nessa rua que concentra o comércio da cidade com galerias de arte, lojas, bares e restaurantes.

Gostei de Key West! Quem sabe numa outra visita à Flórida, retorno a essa bela cidade. Mas dessa vez de carro e com mais tempo para aproveitar bem.

Como é feito o desembarque no final da viagem?

  • No dia anterior você receberá em sua cabine instruções do horário e local do seu desembarque. Receberá também etiquetas para colar na sua bagagem que deve estar disponível do lado de fora da cabine até as 23:00 da noite anterior ao desembarque.
  • As contas do SeaPass serão debitadas automaticamente do seu cartão de credito. Um extrato da sua conta será enviado para a sua cabine na manhã do desembarque, caso haja dúvida é só procurar a recepção.
  • Você pode optar pelo desembarque Express, nesse caso você mesmo deverá levará sua bagagem, essa opção é interessante caso tenha horário de voo marcado, pois como no embarque a sua bagagem pode demorar.
  • Não esqueça de levar na sua bagagem de mão o cartão SeaPass e passaporte, pois você passará novamente pela imigração.

Para escrever esse post tomei como base as dúvidas que tive antes de fazer essa viagem. Espero que as respostas possa ajudar a esclarecer as suas.

Boa Viagem!

Veja Também:

Como aproveirat Orlando em 6 dias

O que fazer em Miami em 3 dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Oi Andréa! Sim você vai precisar fazer a reserva, você pode fazer isso no próprio navio ou pela internet na aquisição do seu pacote. Se for no navio basta ir até a recepção reservar, informando a hora, a quantidade de pessoas e o restaurante.

  2. Olá! Gostaria de saber se para o jantar a la carte é necessário fazer reserva de horário antecipadamente ou seé lá no navio mesmo. Se for necessário, como devo proceder? Obrigada!