Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Quando começamos a pesquisar sobre os Lençóis Maranhenses, veio a ideia de fazer uma viagem diferente. Pensamos então na Rota das Emoções, uma viagem que percorre o litoral de São Luís do Maranhão, Parque Nacional dos Lençóis, passando pelo Delta do Parnaíba no Piauí, Jericoacoara, e indo até Fortaleza, no Ceará. Muitas informações foram consultadas, inclusive as de operadoras com pacotes semelhantes, porém logo descartadas por serem muito caras. Então optamos por um roteiro bolado por nós mesmo, com mais adrenalina.

O Deserto de Atacama, foi a terceira etapa da nossa viagem pela Bolívia e Chile. Depois de cruzamos o Deserto de Sioli no sudoeste da Bolívia, passando pelas Lagunas Verde e Colorada, e entramos no Chile. Com cerca de 200 Km de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, pois chove muito pouco na região, em consequência das correntes marítimas do Pacífico não conseguirem passar para o deserto, por causa de sua altitude.

O Salar de Uyuni foi a próxima etapa da viagem pela Bolívia e Chile. Com 12.000 km², é a maior planície salgada do mundo. Está localizado no sudoeste da Bolívia quase na fronteira com o Chile, no Departamento de Potosí, a uma altitude de 3650m.
Segundo o site Wikipédia, a cerca de 40.000 anos atrás, a área era parte do Lago Michin, um gigantesco lago pré-histórico. Quando o lago secou, deixou como remanescentes os atuais lagos Poopó e Uru Uru, e dois grandes desertos salgados, Coipasa (o menor) e o extenso Uyuni.

Conhecer Machu Picchu era um sonho antigo, eu e o Valdir Neves, companheiros de inúmeras caminhadas, sempre sonhávamos com isso, mas sempre esbarrávamos com algum problema. Muitas vezes planejávamos a viagem, mas, os filhos ainda pequenos, convenciam-nos a mudar de itinerário para passar as férias na praia, em família. O tempo foi passando…