Praia do Forno

O município de Arraial do Cabo está situado na Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. Neste paraíso, cercado por montanhas verdes estão praias de areia branca com águas cristalinas em vários tons próximos do azul turquesa, algumas consideradas entre as mais belas do mundo, e que por este motivo ganhou apelido de “Caribe Brasileiro”. De todas as praias, três são consideradas as mais bonitas da cidade. São elas, a Praia do Forno, a Praia do Farol e as Prainhas do Pontal do Atalaia.

A Praia dos Anjos é a mais badalada entre os visitantes que buscam os passeios de barco, já a Prainha e a Praia Grande são as duas mais movimentadas e oferecem infraestruturas de bares, restaurantes e hospedagens para os turistas.

Algumas praias somente são acessadas por trilhas, como a Praia da Graçainha e a Praia Brava, a primeira é preciso pegar uma pequena trilha de cerca de 10 minutinhos a partir da praia da Prainha, essa praia é excelente para a prática de snorkel. A segunda é a praia mais isolada da cidade, com acesso por trilha íngreme e nenhuma infraestrutura, o que afasta um pouco os turistas menos aventureiros dessas praias.

Para fechar, um pouco afastada do centro de Arraial do Cabo está a Praia do Pontal, que divide a mesma faixa de areia com a Praia do Forte, a Praia das Dunas e a Praia do Foguete, as três já em Cabo Frio.

Roteiro de Quatro dias

Confira a nossa sugestão para um roteiro de 4 dias (3noites) em Arraial do Cabo. Esse é o tempo mínimo para contemplar e aproveitar as belezas do Caribe Brasileiro.

1º dia: Chegada à tarde na Prainha em Arraial do Cabo.

Deixamos esse final de tarde para curtir a bela Prainha. É a primeira praia que você avista ao chegar por terra na cidade. O mar em tons de azul mostra que dali por diante esse destino tem muito a surpreender. Com ondas calmas, o espaço é excelente para quem quer passar o dia, pois conta com barracas que vendem petiscos e bebidas e alugam cadeiras e guarda-sóis, porém na alta temporada, prepare o bolso, hehehehehe.

2º dia: Trilha da Prainha até a Praia do Forno.

A Trilha é uma aventura perfeita e presenteia o aventureiro com atrativos imperdíveis da cidade. Alguns mirantes oferecem fotografias de rara beleza, com vista para belas praias de arraial, sendo elas; Praia do Forno, Praia Grande e Praia dos anjos, além da própria Prainha.

À tarde seguimos para a Praia Grande, como o próprio nome já diz, é uma das maiores de Arraial do Cabo. Com sua extensa faixa de areia fina e branquinha, oferece uma boa estrutura para receber turistas com quiosques e barracas na areia.

O mar de um azul turquesa é lindo, tem boas ondas, mais precisamente para os amantes do surf, e algumas dunas emoldurando ainda mais o cenário. Curta a praia até o por do sol, que é lindo alí.

3º dia: Barco Praia dos Anjos x Praia do Forno e Pontal do Atalaia.

Pela manhã fomos até a Praia dos Anjos, onde fica localizado no Porto de Arraial de Cabo, é de lá que saem todos os barcos para passeios. São muitos barcos atracados, dando um belo visual devido as múltiplas cores deles.

Seguimos num deles até a Praia do Forno, que é uma das mais procuradas por quem visita a cidade, já que é um dos cartões postais de Arraial. É um excelente ponto para mergulho com snorkel. Portanto, não esqueça de levar o seu e aproveitar o contato com a vida marinha de pertinho.

Curtimos muito a praia e decidimos voltar por uma trilha até a Praia dos Anjos. Uma trilha de nível leve, toda bem sinalizada, sendo que desta forma não tem como errar, podendo ir tranquilamente por conta própria. Alguns mirantes no alto da trilha proporcionam vistas maravilhosas, como a da Praia do Forno com suas águas com tons azuis esverdeados, areia branca, emoldurada por montanhas verdejantes, muito lindo mesmo. A partir da metade da trilha já vislumbramos a Praia dos Anjos com dezenas de embarcações.

Almoçamos na Praia dos Anjos e seguimos de carro para as prainhas do Pontal do Atalaia. Há também a opção de ir de barco que partem também do porto. Para ter acesso ao Pontal do Atalaia pagamos R$20,00 por carro e primeiro passamos por alguns mirantes com belos visuais, até chegar as famosas escadarias que dão acesso as prainhas, realmente essa escadaria parece levar ao paraíso, pois do alto do morro, o que se vê é um cenário paradisíaco. Lá embaixo um mar muito azul com aguas cristalinas e areia branca, cercada por rochas em contraste com o verde ainda preservado da Ilha do Farol, uma digna comparação com os melhores destinos do Caribe.

Pretendíamos  assistir ao pôr-do-sol no Pontal do Atalaia que fica a 180 metros de altitude, de onde se descortina uma vista panorâmica, que dizem ser imperdível, pois é um dos poucos lugares do Brasil onde o Sol põe-se no mar. Todavia seguimos para a Praia Grande, onde o pôr-do-sol é muito lindo também.

4º dia: Prainha pela manhã

No último dia aproveitamos mais da Prainha e após o almoço retornamos ao Rio de Janeiro, mas antes paramos no pórtico da cidade para a última fotografia.

Outros pontos turísticos de Arraial do Cabo realizamos, seja por falta de tempo ou pelas condições climáticas, tais como:

  1. Praia do Farol: Com um cenário realmente de tirar o fôlego, esta praia foi classificada pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) como uma das mais perfeitas do país, considerando critérios como pureza da água, qualidade da areia e paisagem. Com sorte você ainda poderá ver tartarugas, arraias, baleias e muito mais.
  2. Mergulho: Arraial do Cabo abriga uma diversificada vida marinha – são tartarugas, meros, lulas, lagostas, arraias e até golfinhos que vivem em harmonia nas ilhas do Farol e dos Porcos, nos sacos do Cherne e do Cordeiro, na praia do Forno, na Ponta d’Água e na Gruta Azul. Quem agradece são os mergulhadores, que lá encontram os melhores pontos do país para praticar o esporte em águas transparentes.
  3. Passeio de Barco: Os passeios duram quatro horas e descortinam as mais belas paisagens de Arraial do Cabo. O roteiro inclui paradas no Pontal do Atalaia (Prainhas) e Ilha do Farol, passando pela Gruta Azul, uma salão de 30 metros de extensão e 15 de altura – o nome vem dos efeitos causados pelas paredes internas, que têm tons dourado e prateado e que se tornam azuis de acordo com a incidência de luz. As embarcações partem da praia dos Anjos.
  4. Igreja de Nossa Senhora dos Remédios: erguida em 1506 pelos portugueses, a igreja está entre as primeiras edificações do país. Singela, fica em uma elevação debruçada sobre a praia dos Anjos.