Logo Blog de Viagens com Dicas e Roteiros

Os segredos de Capitólio

Roteiro de três dias pelo mar das Minas Gerais

Capitólio

Dizem que Minas não tem mar, mas a cidade de Capitólio que fica localizada no interior mineiro entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas, propicia belas e fantásticas paisagens.

Um pouco da história da barragem

Esta gigantesca barragem de Furnas proporcionou um dos maiores lagos artificiais do mundo, este lago situado a mais de 500 Km do litoral, possui água verde-esmeralda com um espelho d´água aproximado de 1.440 km², quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, abrange 34 municípios, entre eles Capitólio considerada a Cidade “Rainha dos Lagos”. Do represamento dessas águas originou a 1ª hidrelétrica de grande porte do Brasil, inaugurada em 1963. Hoje, o Lago de Furnas é a verdadeira praia e também a principal atração dessas cidades, e é conhecido popularmente por muitos como “Mar de Minas”, atraindo além de pescadores, navegantes e visitantes de todo o mundo para a prática de esportes náuticos e do turismo convencional.

Capitólio
Lago de Furnas

Há atrações para todas as idades e gostos, logicamente predominam as belezas naturais da região, todavia o município de Capitólio possui também atrativos históricos e culturais. A natureza oferece a todos visitantes passeios e aventuras surpreendentes, como o belo passeio de lancha , escunas ou chalanas pelos cânions do lago que chegam a mais de 40 metros de altura, com paradas em pontos estratégicos para deliciosos e refrescantes banhos, ou visitas a dezenas de cachoeiras, piscinas naturais e grutas, que formam cenários incríveis e encantadores, além de cavalgadas, mountain bike, motociclismo e muitas outras modalidades de turismo de aventura, como trekking, onde aventureiros exploram através de fascinantes trilhas as cachoeiras e montanhas da região.

Onde fica a cidade de Capitólio?

Fica situada no interior mineiro entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas, distante cerca de 650km do Rio de janeiro, 460km de São paulo e 290km de Belo horizonte.

Onde comer?

  • Restaurante Bica D’água (comida boa bonita, mineira e barata).
  • Pizz-Bar e Restaurante: Bom, bonito e barato R. Cel. Lourenço Belo, Centro de Capitólio.
  • O restaurante do Complexo da Trilha do sol, oferece bons pratos para almoço. Sendo uma ótima opção para quem realiza a trilha.
  • No local onde saem os passeios de lancha, existem dois restaurantes, o do Turvo o Águas de Minas (R$ 40,00 / kg), este último muito bem recomendado.

O que fazer em três dias?

Dia 1 – Lago de Furnas

A principal atração da cidade é o fantástico passeio pelo lago de furnas, que encanta a todos visitantes, contemplando paisagens espetaculares, como cânions, praias, rios e cachoeiras de beleza incomparável, além de esportes aquáticos de diversas modalidades. Neste passeio os turistas poderão se maravilhar e nadar em uma das regiões mais lindas do Estado de Minas Gerais. Então reserve a manhã do primeiro dia para esta atração, um dos passeios mais conhecidos e procurados da cidade. A sugestão é se estiver em grupo pequeno passear de lancha, pois as chalanas por serem maiores não passam por 2 pontos que as lanchas percorrem, apesar dos preços cobrados serem mais baixos. O passeio tem início na Ponte do Rio Turvo (Km 306 da Rodovia MG 050), uma ponte bem grande de onde partem a maioria dos passeios. Para saber os horários e preços da Chalana e da lancha, acesse o site oficial de Capitólio. Há a possibilidade de fazer passeios exclusivos de lancha, informe-se no Centro de Turismo. Todos os roteiros devem ser agendados.

Capitólio
Os canais espremidos entre os paredões

No passeio de lancha há 4 paradas, a ordem de paradas depende das empresas que organizam o passeio, no nosso caso passamos primeiro pelo vale dos Tucanos, local com linda formação rochosa, sem cachoeira, porém ótimo para banho, tem esse nome porque antes da grande movimentação de turistas, era fácil encontrar tucanos, que faziam seus ninhos nos paredões dos cânions.

Vale dos Tucanos
capitólio
Piscina natural do Vale dos Tucanos

Dalí partimos passando entre espetaculares cânions para exuberante cascatinha, que em época de estiagem nos permite caminhar pelas beiradas de seus paredões até a sua piscina natural. Permanecemos ali por aproximadamente 30 minutos para contemplação e banho. A natureza se apresenta com perfeição neste lugar.

Capitólio
Cascatinha

Depois seguimos para outra parada chamada Cânions, onde uma bela cachoeira, com uma forte queda d’água despenca das alturas, formando um imenso e profundo lago para um banho muito gostoso, este atrativo pode ser visto também de um mirante localizado as margens da rodovia. Posteriormente seguimos para a Lagoa Azul, mais um lugar imperdível para um delicioso mergulho, as lanchas atracam em um flutuante próximo a cachoeira. No local há a opção de você pagar uma taxa de R$ 30,00 para subir até a parte de cima pelas pedras, não achamos valer a pena, curtimos a parte de baixo mesmo. Caso queira conhecer toda parte superior a melhor opção é conhecer pelo acesso feito pelo Empório Lagoa Azul.

Finalizando, realizamos uma parada que na verdade não faz parte do roteiro. Um bar flutuante onde você pode consumir uma bebida ou algum petisco, depois retornamos ao ponto de embarque.

capitólio
Bar Flutuante

O passeio pelo Lago de Furnas com duração aproximada de 3 horas deve constar em todo roteiro de Capitólio. A nossa opinião é que este passeio não deixa nada a desejar se comparado ao passeio nos Cânions de Xingó no Rio São Francisco, pelo contrário achamos até mais atraente.
Na parte da tarde, logo após o almoço, aproveitamos para conhecer o Mirante dos cânions, um local espetacular para apreciar os cânions da parte de cima e tirar várias fotos. O Mirante com acesso gratuito, fica localizado na MG-050, KM 314 você verá vários carros parados na beira da estrada. Dalí, é só fazer uma pequena trilha de 100 metros (cerca de 5 minutos) para ter acesso ao principal cartão postal da cidade.´

Capitólio
Mirante dos Cânions

Aproveitamos ainda o tempo, a proximidade e o fácil acesso para conhecer a Cachoeira Diquadinha, uma bela cachoeira que fica aií pertinho, do outro lado da rodovia, cujo acesso por uma pequena trilha também é livre, não possuindo infraestrutura para visitantes, mas que possui águas transparentes para um relaxante banho e que conforme você vai explorando rio acima, você vai descobrindo um local mais bonito que o outro.

Capitólio
Cachoeira Diquadinha
Capitólio
A cachoeira Diquadinha vista de cima

Dia 2 – Trilha do Sol

A trilha do sol, cujo acesso também é feito pela Rodovia MG 050, km 304. Existem placas informando a entrada. Após sair da rodovia, você passará por aproximadamente 1,5 km de estrada de terra até o receptivo, onde também há um restaurante e banheiros.

Capitólio
Visual do Lago do receptivo da trilha do Sol.

A linda trilha possui 3 cachoeiras: a primeira de nome No Limite, a segunda a Cachoeira do Grito e por último o Poço Dourado. Cabe ressaltar que é recomendado chegar ao local até as 9 horas para iniciar a trilha, deixando neste caso a parte da tarde livre para outro passeio. Todas as cachoeiras são fantásticas e com acessos bem sinalizados, porém completamente expostas ao astro-rei, e por este motivo ganhou o nome de Trilha do Sol. É uma trilha de nível moderado, apresentando algumas subidas e descidas e até uma escadaria, entretanto, mesmo assim vale o esforço para visitar todas, pois cada uma apresenta suas particularidades, e seus próprios encantos. O espaço conta ainda com áreas exclusivas para a prática do naturismo. Não esqueça do protetor solar, chapéu e muita água.

Capitólio
Lago formado na cachoeira no Limite
Capitólio
O lago de águas transparentes formado pela Cachoeira do Grito visto de cima
Capitólio
Cachoeira do Grito

Na parte da tarde conhecemos um pouco da cidade de Capitólio, com suas ruazinhas, praças, seu comércio, seu casario, e a Igreja Matriz fundada em 1947. Visitamos a Praia Artificial de Capitólio, localizada no perímetro urbano, com seus 24.895,12 metros quadrados, sendo banhada pelo Rio Piumhi. Possui ampla infraestrutura e um calçadão por onde as pessoas caminham no final de tarde e onde se realiza o melhor carnaval do Lago de Furnas, o Carnapitólio. E ainda demos uma esticadinha para conhecer o Balneário Escarpas do Lago, que embora pareça um condomínio fechado é apenas um bairro de Capitólio. O nome correto é Bairro Engº José Mendes Junior. O Balneário fica cerca de 7 Km do centro da cidade.

Capitólio
Igreja Matriz

Dia 3 – Eco Parque e Morro do Chapéu

O Eco parque fica localizado próximo ao mirante dos cânions e possui um dos complexos de cachoeiras e trilhas mais conhecidos de Capitólio, o Cascata Eco Parque, onde funciona também um hostel e um camping. A orientação é iniciar a trilha preferencialmente por cima das cachoeiras e finalizando por baixo, na área das cachoeiras para deliciosos banhos. Recomenda-se levar: repelente, tênis e protetor solar.
O Morro do Chapéu, é um atraente passeio ecológico, uma trilha repleta de histórias, em cujo percurso é possível ver lajeados, chapadões e muralhas de pedra construídas no início do século passado. Do alto dos 1.293 metros de altitude da montanha descortina-se uma vista espetacular do Lago de Furnas e de municípios vizinhos e lá abriga uma capelinha com a imagem da N.S. dos Desamparados. Este passeio tem duração aproximada de 3 horas, contando deslocamento e caminhada. Para chegar ao local de carro é preciso enfrentar um trecho precário de 10 km de estrada de terra até o topo.

Texto: Valdir Neves

Gostou? Então compartilha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *